Anúncios Intersticiais podem se tornar fator negativo para SEO, diz engenheiro do Google

Você sabe o que são anúncios intersticiais? Segundo a própria base de conhecimento do Google a definição técnica seria:

“Uma experiência de anúncio de página inteira em pontos de transição naturais, como a mudança de página, a abertura de um aplicativo ou um carregamento de nível de jogo. Os intersticiais exibem um botão de fechar que remove o anúncio da experiência do usuário. Os anúncios são exibidos em um iFrame que flutua sobre a página da Web ou o aplicativo.”

São aqueles anúncios que abrem em uma camada a frente do restante da página e te obrigam a fechá-lo para continuar navegando, ou ainda pior, te obrigam a esperar um determinado período de tempo até que o X fique disponível e você enfim possa navegar pelo conteúdo da página – o que era o objetivo do usuário desde o início. Eu particularmente nunca gostei desse tipo de anúncio, a boa notícia é que mais gente não gosta, dentre eles, Gary Illyes, engenheiro do Google, disse em seu Twitter que ele adoraria fazer dos anúncios intersticiais um fator negativo de ranqueamento:

 

Segundo Barry Schwartz, do Search Engine Roundtable, isso será realidade dentro de pouco tempo. Em seu artigo ele cita ‘Acreditem, está vindo (a definição de intersticiais como fator negativo)’. A tendência é que isso sirva tanto para Mobile quanto para Desktop.

Faz sentido intervir nisso, anúncios desse tipo ferem o princípio da boa navegação e obrigam o usuário a ver um anúncio ao invés de chamar a sua atenção de forma natural para ele.

 

Páginas mobile com anúncios interstiticiais convidando o usuário a instalar o APP não serão mais consideradas amigáveis para o Google

Foi publicado hoje, dia 1 de Setembro, no Webmaster Central Blog um artigo citando que páginas mobile que contenham anúncios intersticiais convidando o usuário para baixar um APP não serão mais consideradas amigáveis pelo Google e certamente isso terá impacto nos seus rankings mobile. A medida será implementada a partir de 1 de Novembro, e a ferramenta de testes de sites mobile amigáveis do Google será atualizada.

Na prática, a partir do dia 1 de Novembro sites que contenham anúncios que escondam uma parte muito significativa de conteúdo deverão ser penalizadas – por enquanto, apenas em rankings mobile. O Google entende que essa prática impede o usuário de visualizar o conteúdo que ele desejava ver, isso gera uma experiência de navegação negativa por parte do usuário que naturalmente fica irritado. Para prover uma melhor experiência para seus usuários, o Google está tomando partido.

A imagem abaixo ilustra o que serão consideradas boas práticas a partir de 1 de Novembro:


Anúncios Intersticiais


 

Comentários

Faça um comentário